5 dicas para fazer um currículo perfeito

Procurar um emprego tornou-se uma tarefa muito diferente nos dias de hoje, quando comparado à época dos nossos pais.

5 dicas para fazer um currículo perfeito

Procurar um emprego tornou-se uma tarefa muito diferente nos dias de hoje, quando comparado à época dos nossos pais. Para eles, era comum bater de porta em porta de várias empresas e entregar um currículo impresso ou mesmo preencher uma ficha. Não tinham acesso a centenas de bancos de currículos virtuais, podendo escolher para quem enviar, mesmo que fosse do outro lado do mundo.

Além disso, era comum muitos deles passarem a vida inteira numa única empresa. A estabilidade e projeção de crescimento eram reais! É possível conhecer centenas de casos de sucesso, onde esses profissionais começavam no chão da fábrica e se aposentavam como executivos respeitados, com altos cargos e salários.

Em contrapartida, a mesma tecnologia que facilitou a vida dos candidatos, trouxeram mais possibilidades aos recrutadores, podendo ser muito mais exigentes na hora de selecionar os melhores currículos. Confira abaixo algumas dicas matadoras para fazer um currículo:

Saiba “construir” um currículo
Para conseguir uma oportunidade de entrevista é preciso, antes de qualquer coisa, saber se vender com palavras (e não falamos apenas das experiências). Segundo especialistas, erros bobos podem eliminar um bom candidato antes mesmo da entrevista: currículos com visual chamativo e cheio de cores, excesso de informação (a famosa “encheção de linguiça”, principalmente na descrição das experiências profissionais) e erros de ortografia acabam funcionando como um filtro para os recrutadores.

Evite currículos “genéricos”
Apesar de o desemprego ser – quase sempre – uma situação desesperadora, você não está se candidatando aleatoriamente, não é? Lembre-se de não criar currículos genéricos e “que atire para todos os lados”. Caso você tenha experiências em várias frentes, nossa sugestão é que replique seu currículo, destacando apenas uma em cada documento. Usando uma estratégia visual na elaboração do currículo, é bem possível que o seu se destaque perante os concorrentes, mesmo com experiência.

Não minta!
Apesar de tentador, não é indicado que você insira em seu currículo uma experiência maior que a real ou mesmo informações falsas. Todas elas podem ser facilmente identificadas apenas com uma ligação ou troca de e-mails com a empresa anterior. Segundo especialistas, aquela resposta padrão de que “não foi aceito por não se encaixar no perfil da empresa/vaga” se mostra realmente verdadeira aqui, pois, mesmo se você for chamado para a entrevista, é bem provável que não seja aprovado.

Mantenha seu currículo atualizado
Parece bobo, mas essa dica é fundamental! Por muitas vezes nos esquecemos de atualizar o nosso currículo e, na urgência, encaminhamos um desatualizado, podendo perder a vaga por parecer despreparado. Além disso, em muitas áreas, o nível de conhecimento e quantidade de competências crescem num ritmo avassalador, por isso é extremamente importante manter-se atualizado profissionalmente e destacar isso no  currículo, mesmo como “cursando”.

Use as redes sociais a seu favor
Redes sociais profissionais como o LinkedIn contam com espaços para que seu networking te recomende por competências e até faça um depoimento sobre a experiência de trabalhar com você. Por isso, aproveite essa ferramenta, solicite um feedback dos melhores contatos e turbine seu currículo. Além disso, não se esqueça de mantê-lo sempre atualizado nestas redes sociais e em todos os possíveis sites de vagas. Isso garantirá uma maior visibilidade. Para aqueles que trabalham com criação de imagens e textos, lembre-se de inserir um link (ou QR-Code) para seu portfólio no Behance ou em outros sites especializados, para que os recrutadores conheçam seu trabalho e venham a se interessar ainda mais por você.

Atualmente muitas empresas verificam até mesmo o Facebook dos seus candidatos a uma vaga de emprego para estudar melhor a respeito deles antes de tomar a decisão de contrata-los. Por isso, é importante ter uma boa “apresentação pessoal” nessas redes sociais principalmente nos conteúdos “públicos” onde qualquer pessoa pode acessar, desta forma aumentam suas chances de obter um feedback positivo para a vaga.


Recomendado